terça-feira, 23 de agosto de 2016

Perigosa encruzilhada: EUA invadem a Síria e ameaçam a Rússia


Traduzido pelo Coletivo Vila Vudu

Ontem, 2ª-feira, 22 de agosto, o governo dos EUA – que luta para derrubar o governo legal e internacionalmente reconhecido da Síria – anunciou oficialmente que forças militares dos EUA na Síria continuarão a ocupar terra síria, não importa o que diga o governo sírio, e derrubarão quaisquer aviões sírios que sobrevoem forças dos EUA ali.

Como noticiou ontem Al-Masdar News:

O Pentágono anunciou que os EUA estão prontos para abater aviões sírios e russos que o Pentágono entenda que ameaçam conselheiros militares norte-americanos que, nos termos da lei internacional, operam ilegalmente no norte da Síria.
Na 6ª-feira, o porta-voz do Pentágono Capitão Jeff Davis disse que jatos norte-americanos tentaram interceptar aviões sírios para proteger conselheiros norte-americanos que operam (ilegalmente) com forças curdas na Síria, depois que o governo sírio bombardeou áreas de Hasakah, quando a polícia curda iniciou ataque contra a Força de Defesa Nacional.

Na 2ª-feira, outro porta-voz do Pentágono, Peter Cook, disse:

Senhores da guerra decidiram que "Trump, nunca!"?!

Traduzido pelo Coletivo Vila Vudu



Entreouvido na Vila Vudu:

Artigo interessante pelo que informa sobre os Republicanos nos EUA, mas perigosamente omisso na crítica contra a Hilária, Rainha do Caos, Senhora da Guerra, que vive de "ir, olhar, matar" e cacarejar risadas e que, em matéria de sordidez, nada fica a dever a nenhum Trump e a nenhum Temer.

Vivemos tempos interessantes... [pano rápido].

Não é todo dia que Republicanos publicam carta aberta para informar aos eleitores que o candidato deles à presidência dos EUA não pode chegar à Casa Branca. Seja como for, esse tipo de coisa tem acontecido cada vez mais frequentemente. O mais recente é o caso de 50 representantes do aparelho de segurança, homens – e umas poucas mulheres – que trabalharam nos governos Republicanos de Ronald Reagan a George W. Bush. Todos muito preocupados com Donald Trump.

Todos eles e elas entendem que devem nos alertar para o fato de que o candidato que os próprios Republicanos escolheram "não tem caráter, valores nem experiência para ser presidente".

Rússia e Irã reformatam a geopolítica do Oriente Médio

MK Bhadrakumar, Indian Punchline


Traduzido pelo Coletivo Vila Vudu

Em declarações excepcionalmente assertivas no sábado, o ministro da Defesa do Irã general Hossein Dehqan disse em Teerã que mais bases militares iranianas poderão ser disponibilizadas para uso dos russos, dependendo de exigências operacionais, além da base aérea Hamadan que os bombardeiros russos já estão usando.

Acrescentou que não há limite algum imposto ao acesso de aeronaves russas para operarem também foram da base militar de Hamadan. Dehqan revelou que:


-- jatos e bombardeiros russos são livres para fazer reparos e carregar munição na base iraniana;


-- a cooperação militar do Irã com a Rússia nesse campo é "estratégica" por sua própria natureza; 

NeoEUA: Império de Mentiras

Martin Berger,* New Eastern Outlook, NEO


Traduzido pelo Coletivo Vila Vudu

A noção de que os EUA são império de mentiras é praticamente indesmentível e autoevidente para quem tenha acompanhado os eventos da década passada. É triste que hoje a maioria absoluta das políticas e os próprios alicerces da chamada "democracia norte-americana" estejam construídos sobre mentiras acintosas.

Nem chega a surpreender que os ditos 'heróis' dos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, os nadadores James Feigen, Ryan Lochte, Gunnar Benz e Jack Conger tenham cometido o crime de falso testemunho e inventado que teriam sido assaltados num táxi, quando voltavam à Vila Olímpica. Agora já se sabe que ninguém chegou sequer perto de assaltá-los. Os atletas são sujeitos a julgamento no Brasil pelo crime de falsas acusações, além de estarem sendo acusados de tentarem denegrir a presidenta do Brasil, Dilma Vana Rousseff, que há muito tempo é alvo preferencial de ataques que partem de Washington.

Imagens do caça MiG-29 Dogfight (VÍDEO)

Caça russo MiG-29
As imagens tiradas da cabine de pilotagem do caça MiG-29SMT, durante uma operação aérea, foram publicadas recentemente pela assessoria de imprensa do Distrito Militar Oeste do Ministério da Defesa da Rússia.

O combate foi filmado por duas câmeras GoPro – uma delas foi instalada na cobertura da cabine e a outra, no capacete do piloto.

O vídeo mostra claramente o lançamento de mísseis ar-ar pelo piloto – tanto para frente, como para trás, atirando com canhão automático da aeronave.

Bielorrússia é proibida de carregar bandeira russa na abertura da Paralimpíada Rio-2016

Treinamento para os Jogos Paralímpicos na Rio 2016
Se os bielorrussos desfilarem na cerimônia de abertura dos Jogos Paralímpicos com bandeiras russas, isso será considerado como um protesto político. Esta é a declaração do Comitê Paralímpico Internacional (CPI) após a manifestação de solidariedade da Bielorrússia com a exclusão da equipe russa dos Jogos.

Possível compra de aviões americanos causa polêmica na Argentina

Aviões T-6 Texan II
O Ministério da Defesa dos Estados Unidos declarou sobre início de negociações para venda de aviões militares à Argentina, causando polêmica na mídia.

Em particular, a compra seria de aviões T6-C Texan II, destinados a proteger fronteiras e combater tráfego de drogas. A polêmica estaria relacionada ao fato de a fabricante de aviões argentina, Fábrica Argentina de Aviones (FAdeA), ter planos de recomeçar a produção do Pampa III: muito parecido ao T6-C Texan II, por suas funções. Ao mesmo tempo, o governo argentino demonstra interesse nos análogos americanos, italianos e franceses do avião de produção nacional.

Primeiras imagens do tanque iraniano Karrar e do Submarino Fateh

Veja as primeiras imagens do tanque iraniano Karrar. Aparentemente, esta é a primeira filmagem do tanque Karrar. 

segunda-feira, 22 de agosto de 2016

Armas hipersônicas russas deixarão inúteis as defesas antimísseis dos EUA

Hoje, a Rússia testou no mínimo dois sistemas hipersônicos, como relatado por analista militar Vladimir Tuchkov.
imagem ilustrativa
Imagem ilustrativa mil.ru
Em 2020, a Rússia vai começar a implantar mísseis hipersônicos capazes de atingir velocidades entre Mach 6 e Mach 7 que “enfraquecerá significativamente as capacidades de defesa antimísseis de um inimigo em potencial”, como ele assegurou o CEO da Corporação Missile sistemas táticos (KTRV, pela sigla em russo), Boris Obnósov em vários meios de comunicação russos .

Hillary Clinton voa 35km em jato privado, para participar de reunião dos Rothschild em Nantucket e recolher fundos de campanha

Tyler Durden, Zero Hedge


Traduzido pelo Coletivo Vila Vudu

Como noticiamos há poucos dias, Bill e Hillary Clinton passaram a noite de 6ª-feira em Martha's Vineyard celebrando os 70 anos de Bill. Foi negócio grande, que valeu a trabalheira de Obama, que deixou p'rá lá os flagelados da enchente em Louisiana e correu para a festa.

Agora se sabe que, na manhã seguinte, Hillary, que não é de perder tempo com arranjos de viagens plebeias, embarcou em seu jato privado e voou 30 quilômetros até Nantucket onde os Rothschilds organizavam uma reunião para levantar fundos de campanha. Evento aberto a todos... quer dizer, a todos que possam pagar $100 mil por cabeça, pelo convite. Façamos votos de que aí esteja um bom sinal de que a coisa do aquecimento global já foi resolvida e todos podemos dormir em paz, certos de que estamos protegidos de ataques violentos nas mãos do GUP (Grande Urso Porco) [ManBearPig].

Theresa May e o novo paradigma pós-neoliberal, por Jacques Sapir

Jacques Sapir, RousseuropeHypothèses 

Traduzido pelo Coletivo Vila Vudu


A Grã-Bretanha acaba de passar por evento de considerável importância, que pode indicar uma virada importante na política britânica e, também, por suas repercussões, também na França e em outros países europeus.

Mrs. Theresa May, primeira-ministra britânica, que acaba de substituir David Cameron depois do referendo que decidiu pela saída da Grã-Bretanha da União Europeia (o famoso Brexit), acaba de tomar uma medida lógica, quer dizer, praticamente revolucionária, no contexto de seu país. Ao presidir a primeira reunião da Comissão Interministerial sobre a "estratégia econômica e industrial, na 2ª-feira, 2 de agosto, May declarou-se decidida a pôr em pé uma verdadeira política industrial. Na Grã-Bretanha arrasada por mais de 35 anos de "neoliberalismo", essa declaração equivale a uma minirrevolução. O fato de que a decisão seja tomada por primeira-ministra conservadora, do partido de Margaret Thatcher, destaca o caráter revolucionário da medida tomada por Theresa May.

[Vídeo]Forças Houthis avançam sobre cidade saudita estratégica


Najran, Arábia Saudita (05:30) - As forças Houthi continuaram seu avanço em larga escala no campo leste da cidade de Najran, no domingo, capturando mais sites da Coalizão da Arábia saudita após uma série de confrontos violentos.

A Resistência da mídia não divulgou as imagens do avanço dos Houthis no domingo, eles conseguiram de forma constante progredir no sul da Arábia Saudita, enquanto seus adversários lutam para manter suas defesas de primeira linha perto da cidade de Najran.

Pentágono retira ativos de Riade em meio ao crescente número de mortos Civis na guerra do Iêmen liderada pela Arábia Saudita


As forças norte-americanas que assistem a coalizão da Arábia Saudita e são responsáveis pela coordenação de ataques aéreos no Iêmen, em grande medida se retiram de Riyadh em um movimento aparente para se distanciar do número de civis mortos nos 17 meses do longo conflito, Reuters informou.

Além de retirar o pessoal de suporte de ar, tenente Ian McConnaughey, um porta-voz da Marinha dos EUA no Bahrein, disse à Reuters que o Pentágono também "reduziu drasticamente" seu "Joint Planning Combinada Cell" (JCPC) pessoal para menos de cinco pessoas.

Força Aérea saudita bombardeia civis iemenitas em protesto anti-saudita

Sanaa, Iêmen (12:40) - A Força Aérea Arábia bombardeou um protesto anti-saudita na capital do Iêmen no sábado após a realização de vários voos para perseguir e intimidar os manifestantes.