sábado, 18 de agosto de 2018

Moon of Alabama: "John Brennan não é páreo para Trump."


Traduzido pelo Coletivo Vila Vudu

O presidente Trump dos EUA revogou a credencial especial que garantia passe livre em todos os departamentos e setores da mais alta inteligência dos EUA ao ex-diretor da CIA John Brennan.
Ótimo. Das melhores coisas que Trump jamais fez. Brennan é dos mais desprezíveis ex-funcionários dos EUA ainda vivos. Que apodreça no inferno.

Abdução alienígena: 45 anos depois, homem quebra seu silêncio

Em 11 de outubro de 1973, Calvin Parker, Jr. e Charles Hickson relataram terem sido abduzidos por alienígenas em Pascagoula, Mississippi, nos EUA. Décadas mais tarde, em uma rara entrevista à Associated Press, Parker rompe seu silêncio e mantém sua história.
Abdução alienígena: 45 anos depois, homem quebra seu silêncio
Nesta foto de 9 de outubro de 2013, Calvin Parker, Jr., posa para uma foto em sua casa em Moss Point, Mississipi. Parker e seu colegamCharles Hickson foram supostamente abduzidos por alienígenas em 11 de outubro de 1973, nas margens do rio Pascagoula. O incidente fez manchetes, provocou avistamentos de OVNIs em todo o país, e se tornou um dos casos mais amplamente examinados. (Foto: Arquivo/AP)

Forças Houthi matam alto comandante da Al-Qaeda

BEIRUTE, Líbano (19:00) - As forças houthis mataram um comandante de alto escalão do grupo terrorista Al-Qaeda neste fim de semana.


O ESCÂNDALO DAS VACINAS DA CHINA EXPLODIU COM A DESCOBERTA DE UM MILHÃO DE DOSES QUE MUTILAM CRIANÇAS CHINESAS … TOTAL ENCOBRIMENTO DA MÍDIA.

O governo chinês admitiu que centenas de milhares de doses adicionais de vacinas para crianças estão com defeito, elevando o número total de vacinas conhecidas a serem defeituosas para quase um milhão.
O Conselho de Estado da China anunciou que outro lote de vacinas para difteria, coqueluche e tétano (DPT) que foram produzidos pela empresa Changchun Changsheng Biotechnology, foram considerados “precários”. A maioria das doses foram vendidas a autoridades na província de Shandong, no nordeste da China, e algumas já foram dadas a crianças.

A ALEMANHA FOI DERROTADA NA FRENTE ORIENTAL, NÃO NA NORMANDIA.

Em minhas muitas visitas a pé ao vasto campo de batalha da Normandia na França, continuei recordando o sempre sábio ditado do grande monarca da Prússia, Frederico o Grande: ‘aquele que defende tudo, nada defende’. Em 2018 foi o 74º aniversário dos desembarques do Dia D, vale a pena relembrar o velho rei guerreiro.


Marinha do Irã faz história ao instalar sistema antimísseis nacional em destróieres

Pela primeira vez na história do país, um destróier iraniano foi equipado com um sistema de defesa antimísseis naval, destinado a eliminar mísseis antinavio, de produção própria, comunica a mídia nacional, citando o comandante da Marinha do Irã, contra-almirante Hossein Khanzadi.
Destróier iraniano Jamaran no Golfo Pérsico (foto de arquivo)

Pentágono será capaz de criar análogo do míssil hipersônico Kinzhal russo até 2021?

Há pouco, os EUA decidiram criar um análogo do novíssimo míssil hipersônico russo Kinzhal na sequência da apresentação de todo um lote de novos armamentos russos pelo presidente Putin em março. Em uma conversa com a Sputnik, o especialista militar Vladimir Karyakin analisou se estes planos podem ser realizados em um futuro breve.
As Forças Aeroespaciais Russas realizam o lançamento de teste do novo sistema de aviação e míssil hipersônico Kinzhal

Marinha britânica promete proteger seu novo porta-aviões da 'ameaça russa'

O porta-aviões Queen Elizabeth, de 71.650 toneladas, é o maior navio de guerra já construído na Grã-Bretanha e está passando por testes no mar desde que saiu do estaleiro de Rosyth, na Escócia, em junho de 2017.
O maior navio da Marinha do Reino Unido, o porta-aviões Queen Elizabeth

'Quem são vocês para nos alertar?': Duterte despreza conselho americano

Durante uma reunião no início de agosto com seu homólogo russo, Sergei Lavrov, o chanceler filipino, Alan Peter Cayetano, prometeu que Manila não recusaria a oportunidade de comprar equipamento militar russo, mesmo perante possíveis sanções dos EUA.
Presidente filipino Rodrigo Duterte gesticula enquanto discursa perante membros do regimento Scout Rangers em um campo de treinamento militar na cidade de San Miguel, província de Bulacan, ao norte de Manila, em 15 de setembro de 2016

sexta-feira, 17 de agosto de 2018

Yasen-M: Destruidor das Profundezas. Armas eletrônicas potentes e mísseis supersônicos

O PIOR PESADELO DOS ESTADOS UNIDOS: É UMA ALIANÇA ALEMÃ-RUSSA NO PLANETA?

Por Dmitry Rodionov, Svobodnaya Pressa -
Os EUA estão ansiosos com a próxima reunião entre Putin e Merkel, a ser realizada em 18 de setembro em Berlim. Os americanos sempre temeram uma unificação dos recursos russos e da tecnologia alemã.
Imagem relacionada
Em entrevista ao jornal Frankfurter Allgemeine , a líder do Partido da Esquerda Alemã e deputada do Bundestag, Sarah Wagenknecht, explicou o seguinte: “Os Estados Unidos estão perseguindo seus próprios interesses e, com a chegada de Trump, recorreram a métodos agressivos. Seus interesses são contrários aos interesses europeus nas questões mais importantes   -  e não apenas econômicas. 

EUA advertem Filipinas contra comprar seus submarinos da Rússia

Manila deve "pensar com muito cuidado" sobre um movimento que seria visto como uma "declaração negativa sobre a aliança", diz os EUA.

Um alto funcionário da Defesa dos Estados Unidos alertou as Filipinas contra a compra de equipamentos militares da Rússia.

Quatro anos de sanções e os EUA ainda não pode acabar com a dependência de motores de foguete russos

Hora da Rússia cortar o cordão?

A Nasa está trabalhando duro para deixar de depender dos motores de foguetes russos, como disse Jim Bridenstine, administrador da Administração Nacional de Aeronáutica e Espaço dos EUA.

Isso é resultado das novas sanções contra a Rússia anunciadas pela administração Trump em 8 de agosto. As sanções foram impostas devido ao suposto uso de armas químicas contra o ex-oficial de inteligência russo Sergei Skripal na cidade britânica de Salisbury, em março.

A MiG Aircraft Corporation, da Rússia,está trabalhando no caça-interceptor MiG-41

A MiG Aircraft Corporation, da Rússia, está trabalhando no caça-interceptor MiG-41 de quinta geração(?), disse Ilya Tarasenko, CEO da MiG, à TASS na sexta-feira.
Imagem relacionada
Foto ilustrativa