segunda-feira, 22 de agosto de 2016

Forças Aerotransportadas Russas receberão em breve carros de combate T-72B3M.


T-72B4_T-72B3M_main_battle_tank_MBT_Russia_Russian_army_military_equipment_defense_industry_640_003
Segundo informações divulgadas pela agência de notícias TASS as Forças Aerotransportadas Russas (Vozdushno-Desantnye Voyska Rossii, ou VDV)  em breve começarão a receber novos carros de combate T-72B3M afim de formar a sua primeira companhia do gênero nas forças aerotransportadas . Um total de seis companhia devem ser criadas nos próximos dois anos. De acordo com o Comandante da VDV coronel-general Vladimir Shamanov, as companhias de carros de combate serão parte integrantes das brigadas de assalto aéreo da VDV. A formação de tais unidades devem começar ainda no segundo semestre de 2016.


Image601
Ilyushin Il-76 realizando  lançamento de um veiculo BMD-4.

Segundo o especialista Victor Murakhovsky, a experiência acumulada nos teatros de operações no Afeganistão, Chechênia. Ossétia do Sul, Crimeia e mais recentemente na Síria demostrou que a VDV deveria ser complementada com veículos do gênero. Anteriormente, quando era necessário, a VDV utilizava carros de combate emprestados do exercito russo (ressaltando que as Forças Aerotransportadas Russas são uma força independente). O uso do T-72B3M nas fileiras da VDV irá proporcionar a mesma uma importante capacidade de apoio aos Paraquedistas conferindo a estes maior poder de fogo, capacidade de manobra ampliada, proteção blindada, melhores condições de desenvolver a defesa anticarro e meios para realizar ações de reconhecimento e segurança.

No entretanto o grande problema para a VDV é que o T-72B3M e um veiculo grande e pesado 45 Toneladas (!). Atualmente os veiculos blindados usados pelos paraquedistas russos são da família BMD (Boyevaya Mashina Desanta ) BMD-1, BMD-2, BMD-3 e mais recentemente o BMD-4 e o Carro de combate leve  2S25 Sprut-SD equipado com um canhão de 125mm. Tanto os veículos da Família BMD quanto o Sprut SD são veiculos projetados para serem aerotransportados e lançados por paraquedas porém devido a necessidade de baixo peso em razão de sua concepção sua blindagem e mais fraca se comparado ao T-72B3M .

Devido a sua excepcional capacidade de peso e dimensões o monstruoso AN-124 Ruslan pode transportar até três carros de combate T-72 por vez.

A grande questão sobre a entrada em serviço do T-72B3M na VDV é se o mesmo poderá ser lançado por paraquedas ou não. Para realizar esse procedimento a VDV demandaria de um sistema de lançamento mais robusto para suportar o seu peso além de um sistema de paraquedas compatível com o peso do mesmo. As aeronaves da família Ilyushin Il-76 (Il-76M 42 toneladas de carga, Il-76MD 48 toneladas de carga e o Il-76MD-90A 60 toneladas de carga) tem capacidade para transportar apenas um veiculo devido ao seu elevado peso. Ja os aviões  Antonov An-124 Ruslan podem transportar até três carros de combate por viagem.
0133
Carro de combate T-72 sendo embarcado em um avião Ilyushin Il-76. Devido ao seu  peso e dimensão o Ilyushin Il-76 transporta apenas um carro de combate T-72 por vez.



T-72B3M

O carro de combate T-72B3M também chamado de T-72B4 e a mais recente modernização dos veículos da Família do T-72. O protótipo do T-72B3M foi apresentado pela primeira vez ao público em outubro de 2014. Esse pacote de atualização eleva o padrão do T-72 para o mesmo patamar do carro de combate T-90. As principais modificações são: Substituição do antigo motor por um novo modelo V-92S2F acoplado a uma nova transmissão automática ( o mesmo conjunto utilizado pelo T-90MS). Novo canhão 2A46M5 de 125 mm, novo sistema de carregamento automático e sistema de proteção reativa explosiva “Relikt” substituindo o “Kontakt-5”.


Com Informações de The National Interest, armyrecognition e TASS

Plano Brasil

Nenhum comentário :

Postar um comentário