segunda-feira, 29 de agosto de 2016

Rússia desloca caças e bombardeiros para a Crimeia


Caça multifuncional russo Su-34
Caças e bombardeiros russos foram realocados para a parte ocidental da Rússia como parte da inspeção de prontidão das Forças Armadas. 

Diversos bombardeiros Su-34 foram deslocados para a península da Crimeia, enquanto os aviões de combate MiG-29 e MiG-31 permanecem estacionados na Rússia continental. 

"Caças e bombardeiros, bem como meios de transporte militar e helicópteros de ataque, irão realizar um voo na distância de 500 até 2.500 km" – informa o site oficial do Ministério da Defesa russo.


As inspeções surpresa de prontidão de combate realizam-se nos Distritos militares do Sul, Centro e Oeste da Rússia, bem como na Frota do Norte, na Força Aeroespacial e nas Tropas Aerotransportadas nos dias 25-31 de agosto, segundo a ordem do ministro da Defesa, Sergei Shoigu. 

A inspeção inclui, entre outras coisas, exercícios militares de Frotas russas em mares Negro e Cáspio, realocação de fuzileiros navais e manobras de sistemas de defesa antiaérea S-400 e S-300. 

O representante da Rússia na OTAN disse que esta inspeção em larga escala não representa qualquer ameaça para ninguém e está sendo conduzida em conformidade com as obrigações internacionais. "Ela não ameaça [ninguém] de maneira nenhuma. 

Gostaria de sublinhar que a OTAN conhece esta prática. Para o nosso país, com o seu tamanho, é uma das formas mais ideais para assegurar a prontidão de combate do exército" – declarou o representante.
Bombardeiro tático Su-34
Bombardeiro tático Su-34

Sputnik

Nenhum comentário :

Postar um comentário