quinta-feira, 27 de outubro de 2016

Rússia testará o mais poderoso ATGM de helicóptero na Síria


Os helicópteros de ataque russos Ka-52 a bordo do porta-aviões nuclear "Almirante Kuznetsov", estão dotados com os mais novos mísseis anti-tanque de longo alcance "Germes".
Pods de mísseis Hermes em um Ka-52


O míssil guiado anti-taque (ATGM) "Hermes"(Germes) tem alcance de 30 km, enquanto os anterior, o "Ataka" e "Vikhr" têm alcance de 10 km. O análogo americano, o AGM-114 Hellfire, tem alcance de 8 km.

Nunca é demais lembrar que o Almirante Kuznetsov encontra-se no Mar Báltico e tem como destino o porto de Tartus, Síria.

Projetado pela companhia KBP Instrument Design Bureau, o Hermes pertence a uma família modular, ou seja, pode ser disparado de plataformas em terra como míssil guiado terra-terra ou míssil guiado disparado por helicóptero ar-terra.

Países como o Egito já demostraram interesse no míssil Hermes. Recentemente o Egito demonstrou interesse em comprar uma nova versão do Ka-52 para operar no seu porta-helicópteros Mistral.

Segundo uma fonte militar, a Rússia testará o Hermes em condições de combate extrema. Muito provavelmente atacará alvos rebeldes na província síria de Latakia.

Segundo a mesma fonte, o Hermes foi utilizado nos Ka-52 russos implantados na Base Aérea de Khmeimim, Síria. No entanto, os testes parecem que foram superficiais.

O Informante

Nenhum comentário :

Postar um comentário