quarta-feira, 23 de novembro de 2016

China planeja comprar mais helicópteros russos Mi-171


O consórcio Vertolyoty Rossii (Helicópteros da Rússia) entregará brevemente dois helicópteros de transporte multifuncionais Mi-171, encomendados pela empresa importadora chinesa China General Aviation Service (CAS).
Helicóptero Mi-171
Segundo informou aos jornalistas o presidente da CAS Tzyao Tzyan na quarta-feira (23), no futuro está prevista a assinatura de novos contratos para a compra de helicópteros Mi-171.


Segundo Tzyan, há planos de adquirir outros modelos de helicópteros, tais como o Ka-32 e o Ansat. O chefe da CAS destacou que o helicóptero Mi-171 goza da demanda no mercado chinês por ser capaz de funcionar em áreas montanhosas, que ocupam a maior parte das províncias do norte da China. "Os helicópteros que estamos comprando agora também serão usados na proteção florestal e extinção de fogos florestais", aponta Tzyan.

Durante a exposição Airshow China-2016, a Vertolyoty Rossii e a empresa chinesa Wuhan Rand Aviation Technology Service fecharam um contrato sobre a entrega de dois helicópteros leves Ansat, dois Mi-171 e um Ka-32 com um acordo adicional que prevê o fornecimento de outras 13 unidades (três Ka-32, quatro Mi-171 e seis helicópteros Ansat). O primeiro lote será fornecido em 2017 e a conclusão do contrato está programada para o final de 2018.

A China General Aviation Service é a maior empresa importadora de peças para a aviação, sendo responsável por um terço do volume das importações de aeronaves na China. A CAS e Vertolyoty Rossii têm cooperado desde 1999.

Sputnik

Nenhum comentário :

Postar um comentário