sexta-feira, 25 de novembro de 2016

China testa com sucesso míssil hipersônico que supera todos os similares dos EUA e da OTAN


O míssil ar-ar atingiria velocidades de Mach 6, o que tornaria praticamente invencível contra seus alvos, mesmo contra os caças stealth de última geração.
Caças J-16 da China voam em formação com helicópteros Mi-8 sobre Pequim
A China testou com sucesso um grande míssil hipersônico ar-ar capaz de atingir alvos a mais de 480 quilômetros, segudo relata a revista Popular Science.


No início deste mês, um caça J-16 da força aérea chinesa disparou um míssil ar-ar de longuíssimo alcance (VLRAAM, na sigla em inglês), com o qual destruiu um drone que estava a várias centenas de quilômetros.  Estima-se que o míssil teria um alcance de cerca de 480 km.  "Este míssil poderia facilmente ultrapassar qualquer míssil ar-ar dos Estados Unidos ou de qualquer um de seus aliados da OTAN”, diz a publicação. Além disso, o projétil teria um motor potente com os quais atingiria velocidades de Mach 6, aumentando significativamente a área onde o alvo não poderia escapar do míssil, enquanto ele estivesse usando apenas a sua velocidade e capacidade de manobra. Inclusive alvos supersônicos, como os caças stealth de última geração, seriam atingidos, diz a revista.

A título de comparação, atualmente o míssil ar-ar mais letal em serviço operacional é o Meteor, da Força Aérea da Suécia, que atinge velocidades de Mach 4 e tem um alcance de pouco mais de 100 quilômetros.

O novo míssil chinês tem quase 6 metros de comprimento e cerca de 33 centímetros de diâmetro. Ele é equipado com um poderoso radar de varredura eletrônico, um rastreador infravermelho e um sistema de navegação por satélite. Além disso, tem propulsores laterais incorporados em sua parte traseira para aumentar sua capacidade de manobra no trajeto final.
China’s J-16 Fighter Jet & Its New Mysterious Missile (Photos) http://dlvr.it/MjxLWd 

Sputnik

Nenhum comentário :

Postar um comentário