segunda-feira, 28 de novembro de 2016

Enormes cidades extraterrestres em Vénus?


Ovniólogos afirmam que a NASA sabe há muito tempo que existe sinais de vida extraterrestre em Vénus, mas a agência está escondendo.
Imagens da superfície de Vénus publicadas este ano têm causado grande entusiasmo entre os ovnifólogos e caçadores de OVNIs, afirmam, revelam evidências de uma civilização extraterrestre no ambiente inóspito do planeta, escreve " The Daily Star ".
Usuário do YouTube  'mundo desconhecido ", publicou em abril passado um vídeo com uma análise de fotografias e modelos em 3D de estruturas supostamente encontradas. Ele explica que nas fotos "aparecem grandes cidades, estruturas artificiais e todos os tipos de elementos que parecem obedecer a construções inteligentes feitas por algum tipo de raça alienígena que habitavam ou colonizaram o segundo planeta do nosso sistema solar."

As fotos em questão supostamente vêm da sonda Magalhães, lançado pela NASA em 1989, que esteve a mapear da superfície de Vénus até 1994. Os seguidores de teorias da conspiração afirmam que até mesmo a agência espacial dos EUA está ciente à anos de sinais de vida extraterrestre neste planeta, mas tem escondido.

No entanto, nem todos compartilham do mesmo entusiasmo com a "descoberta". Chernobrov, coordenador da organização russa Kosmopoisk - dedicado ao estudo de eventos anómalos que podem ser associados com a vida extraterrestre - diz que a informação sobre colónias extraterrestres em Vénus não está confirmada.

O especialista explicou, citado pela imprensa russa, que este planeta é extremamente difícil de explorar e a sonda fornece apenas uma imagem aproximada do lugar. "Tudo é muito desfocado, literal e figurativo, para poder afirmar nada de forma inequívoca", disse .

A mesma opinião tem Leonid Ksanfomaliti, cientista no Instituto de Pesquisas Espaciais da Academia de Ciências da Rússia. "As primeiras imagens captadas pela sonda Magalhães são crateras de meteoritos que os ovniólogos estão tentando fazer passar omo uma colónia, " disse . "O próprio dispositivo já não existe desde há muito tempo, pelo que fazer caso de tais declarações é o menos estúpido." O especialista acrescentou que, se realmente existiu algo artificial, "não poderia confirmar ou refutar até que um novo dispositivo seja enviado para Vénus".

Fonte: RT

Nenhum comentário :

Postar um comentário