terça-feira, 7 de fevereiro de 2017

Arrastões, saques e tiroteios: Caos toma conta de Vitória (VÍDEOS)


Greve da PM no Espirito Santo gera onda de violência com saques, arrastões, tiroteios, desde sábado (4). Ao menos 68 mortes já ocorreram na Grande Vitória.

Caos toma conta do Espirito Santo com greve da PM
A crise começou com a reivindicação de aumento dos salários dos policiais militares, mas como a categoria é impedida de fazer greve, os familiares dos oficiais foram para frente dos batalhões e impediram a saída das viaturas policiais.

O vídeo abaixo mostra o momento em que um grupo realiza um arrastão e faz saque em loja de eletrodomésticos. 
A calamidade na Grande Vitória causou inúmeros assaltos, tiroteios e mortes. O registro a seguir é uma compilação de vídeos caseiros que flagram o caos que se instaurou no Espirito Santo.
Na segunda-feira (6), o governo estadual enviou um pedido ao Ministério da Defesa solicitando ajuda para lidar com a falta de policiamento e insegurança no estado.
chegada do Exército foi recebida pela população com aplausos, causando uma sensação de euforia e alívio com um sinal de retomada da ordem. 
No entanto, alguns registros nas redes sociais ainda mostram momentos de desordem, provocados pela paralisação da PM no Espirito Santo. 

3 comentários :

  1. Esse é o retrato real de um país moralmente arrasado, saqueado, corrompido. Essa é a real dimensão de uma sociedade corrupta e bandida, um estado falido eticamente e sem futuro.

    ResponderExcluir
  2. Os políticos brasileiros finalmente conseguiram destruir o país de vez...Espero que homens patriotas dentro do exercito tomem poder lá e depois assumam o país;o Brasil nunca esteve pronto para ter um governo civil,os civis somente destruíram a industria nacional e promoveram a corrupção desenfreada no país.

    ResponderExcluir
  3. As pessoas que saqueiam estão com a ilusão de vantagem, quando na verdade estão destruindo a imagem de seu povo, depredando seu próprio ambiente e tornando o futuro nesses locais mais sofrível para todos. São os anti-sociais que parasitam a sociedade e seus recursos, incompetentes em gerir as próprias vidas num caminho de equilíbrio, harmonia e partilha. ainda bem que há tempo para arrependimentos e refazimento das coisas.

    ResponderExcluir