segunda-feira, 27 de março de 2017

Nova Atlântida: cientistas revelam quando Europa ficará submersa


Cinco milhões dos europeus poderão provavelmente perder suas casas devido a inundações já no fim de esse século, informa o canal de televisão russo RT citando a opinião de especialistas do Centro Comum de Investigação da Comissão Europeia.
Inundação na Grã-Bretanha


Os cientistas avisam que o aquecimento global elevará o nível dos mares, incluindo os mares Báltico e do Norte, para um nível crítico e que uma parte da costa europeia será submersa. Com os atuais ritmos de aquecimento, as inundações poderão ter lugar todos os anos, o RT cita as palavras dos cientistas.
Segundo o chefe do Departamento de Meteorologia e Climatologia da Universidade Estatal de Moscou, Aleksandr Kislov, a maioria dos países europeus não está preparada do ponto de vista técnico para as mudanças climáticas, por isso já hoje eles devem se preparar para possíveis cataclismos.
Ele notou que só a Holanda é capaz de garantir o nível de segurança necessário: o governo do país construiu um sistema de diques único. Um sistema semelhante foi instalado em São Petersburgo, por isso a costa russa também não será ameaçada pela inundação.
Na última década, a Europa enfrentou uma série de grandes inundações. Uma delas, a mais perigosa, aconteceu em 2013, quando países como a Letônia, Macedônia e República Tcheca foram parcialmente inundados. Além disso, a Noruega e Alemanha também sofreram com as inundações.
Em 2016, o nível da água aumentou significativamente nos rios Sena, Danúbio, Reno e Neckar, provocando inundações ao longo das suas margens. Em Paris e arredores foi declarado o nível de alerta laranja e nas regiões do norte da França vários milhares de pessoas foram evacuados.
sputniknews

Nenhum comentário :

Postar um comentário