quarta-feira, 1 de março de 2017

ROSNEFT assina acordo de petróleo e gás com a Líbia


Deutsche Wirtschafts Nachrichten , traduzido por Tom Winter

A Líbia assinou um acordo com a gigante russa Rosneft, segundo a qual os russos devem promover a produção de petróleo na Líbia. Os britânicos estão furiosos e atacando os russos. 

A estatal produtora de petróleo da Líbia, National Oil Production (NOC), assinou um acordo com a empresa petrolífera russa sob a forma de um acordo de cooperação. Em uma comunicação, NOC relatórios que está trabalhando para atrair mais investimento estrangeiro. 


"Precisamos do apoio e do investimento das principais companhias petrolíferas internacionais para atingir nossos objetivos de produção e estabilizar nossa economia", disse Bloomberg CEO NOC Mustafa Sanalla. A agência de notícias russa Tass confirma a assinatura do acordo, mas não tem um forte efeito vinculativo legal. 


De acordo com a AFP, os dois conglomerados pretendem criar um grupo de trabalho para explorar as possibilidades de cooperação nas áreas de promoção e produção de petróleo. Já no mês passado, o chefe do NOC Sanalla havia anunciado planos para aumentar a produção de petróleo em 2022 para 2,1 milhões de barris por dia com investimentos estrangeiros. 

O investimento de grandes companhias internacionais de petróleo é necessário "para atingir nossos objetivos de produção e estabilizar nossa economia", disse Sanalla. Há uma crise na África do Norte e Líbia é atualmente controlada em grandes partes por milícias armadas. Atualmente, o país produz 600 mil barris de petróleo por dia, mas antes da queda do presidente Muammar al-Gaddafi por uma aliança militar ocidental em 2011, foi de 1,6 milhões. 

"Este acordo combina potencialmente boa rentabilidade para a Rosneft e uma boa política para o Kremlin. Agora você pode esperar mais negócios com a Rosneft no Oriente Médio, Norte da África e países em desenvolvimento", diz Chris Weafer do Macro Advisory em Moscou, de acordo com a City AM 

O NOC quer expandir a produção de petróleo na Líbia para 2,1 milhões de barris por dia até 2022. Recentemente, o nível de produção aumentou para 700 mil barris, bem abaixo dos 1,6 milhões de barris produzidos antes de 2011. "Este acordo com a maior companhia petrolífera Na Rússia estabelece uma base comum para nós identificar áreas de cooperação.A cooperação importante entre NOC, Rosneft e Rússia pode desempenhar um papel importante e construtivo na Líbia ", diz Sanalla. 

O NOC também declarou na comunicação que Rosneft tinha assinado um acordo para retirar petróleo. Detalhes do contrato não foram mencionados. 

A Líbia está dividida entre vários grupos rivais baseados em Trípoli e o comandante militar Khalifa Haftar, controla o leste do país. Haftar e a NOC, controlado pelo governo unitário em Tripoli, tinham procurado uma aproximação nos meses passados. O comandante quer vender o óleo no leste do país através da NOC. Ele é apoiado ativamente pela Rússia. 

No país, uma guerra indireta gira em torno do petróleo e do gás natural. As corporações estrangeiras são rivais para os direitos de subsídio e oleodutos na Líbia. As seguintes empresas de energia estão atualmente a competir na Líbia: ENI (Itália), Total SA (França), Repsol YPF (Espanha), Waha Oil Co., BP (Reino Unido), ExxonMobil (EUA), Statoil, Royal Dutch / Shell (Países Baixos (Grã-Bretanha), Gazprom e Rosneft (Rússia), RWE (Alemanha)). 

Na Conferência de Segurança de Munique, o ministro britânico da Defesa, Michael Fallon, alertou que a Rússia não deveria interferir na Líbia: "Putin está testando o Ocidente, está testando a aliança. querendo pôr suas patas dentro. " 

Mas os russos responderam imediatamente: " Os zoológicos ocidentais não têm animais capazes de explicar a Rússia o que fazer", disse o ministro da Defesa russo, Sergei Shoigu, na terça-feira. 

Com isso, ele contrapôs aquele que advertira Moscou para manter suas "patas" fora da Líbia. Schoigu, de acordo com TASS: "Os britânicos têm o leão como símbolo animal, mas um velho provérbio diz:" Todos os leões são gatos, mas nem todos os gatos são leões ", disse Shoigu aos estudantes do Instituto Estadual de Relações Internacionais de Moscou, Um fórum de jovens. 

fort-russ

Nenhum comentário :

Postar um comentário