sábado, 11 de março de 2017

Será que os EUA tentaram grampear Putin?


Kremlin considerou merecedora de atenção a informação sobre tentativas de espionagem telefônica ao presidente da Rússia Vladimir Putin por parte dos EUA, comunicou o secretário de imprensa do presidente russo Dmitry Peskov aos jornalistas.
Resultado de imagem para putin grampeado 

“Juntamente com toda a comunidade internacional, nós prestamos atenção a estes dados publicados. Claro que eles merecem atenção, e eles devem ser examinados mais atentamente”, comunicou Peskov.

O porta-voz do presidente russo acrescentou também que Washington não esconde que está grampeando atentamente personalidades oficiais da Rússia. Como, por exemplo, o embaixador da Rússia nos EUA Sergei Kislyak.

“Mas isso não é nenhum segredo. Por isso, não é preciso abrir o WikiLeaks porque é possível adivinhar”, acrescentou Peskov.

Anteriormente, o WikiLeaks havia publicado cerca de 9 mil documentos e ficheiros que se encontravam na rede interna do Centro de Inteligência Cibernética, baseado na sede da CIA.
O site comunicou que a primeira parte da publicação constitui menos de um por cento do total da informação.

Sputnik

nava lbrasil

Nenhum comentário :

Postar um comentário