sexta-feira, 24 de março de 2017

Será que Ossétia do Sul se unirá à Rússia?


A Ossétia do Sul planeja realizar referendo sobre adesão à Rússia em 2017.Bandeiras da Ossétia do Sul e da Rússia

O referendo sobre adesão da Ossétia do Sul, provavelmente, será realizado após eleições presidenciais de 2017, declarou o porta-voz do Parlamento da República, Anatoly Bibilov.

"O povo da Ossétia do Sul deseja fazer parte da Federação da Rússia — não é segredo. Há acordos com o presidente russo e entendimento que o referendo vá ser realizado após as eleições presidenciais de 2017", afirmou Bibilov.
O porta-voz acrescentou que "em qualquer caso tal acordo existe entre o presidente Leonid Tibilov [da Ossétia do Sul] e eu, sem dúvida vamos dialogar com nossos colegas russos, pois a questão está diretamente ligada à Rússia".
Segundo ele, a legislação russa permite que o referendo seja organizado, mas, no entanto, tudo depende da situação internacional atual.  
Em maio do ano passado, autoridades da Ossétia do Sul assinaram uma declaração que prevê a realização de referendo sobre a integração da Ossétia do Sul à Rússia em 2017. Além disso, o referendo sobre mudança de nome da república para Alânia está marcado para 9 de abril. "Nossos irmãos do norte chamaram sua república de Ossétia do Norte-Alânia [unidade componente da Federação da Rússia] e a mudança do nome do nosso Estado para Ossétia do Sul-Alânia dará as condições necessárias para que a Alânia adira à Federação da Rússia", opina o presidente da Ossétia do Sul, Leonid Tibilov.

sputniknews

Nenhum comentário :

Postar um comentário