sábado, 29 de abril de 2017

MILITARES SÉRVIOS DISPOSTOS A AJUDAR A RÚSSIA A LIMPAR AS MINAS NA SÍRIA


Ministro da defesa da Sérvia afirma que seu exército agora não possui a “capacidade” para ajudar, mas estaria disposto em 2018 para treinar e participar.

Falando à imprensa, depois de um encontro com seu homólogo russo em Moscow, o ministro da Defesa sérvio foi questionado se eles conversaram sobre as operações de remoção de minas da Rússia na Síria.


O ministro sérvio, Zoran Đorđević respondeu que os militares sérvios estariam inclinados a ajudar mas, atualmente, “não possuem a capacidade” para participar. No entanto, ele afirmou que os militares sérvios estão dispostos a treinar para a tarefa e juntar-se mais tarde, talvez em 2018.

Na verdade, há chance zero de que isso realmente aconteça. Desde Milošević sucessivos governos de Belgrado estabeleceram uma tradição distinta de lamber a bota dos EUA e o líder atual é um dos piores nesse sentido.

O ministro sérvio da defesa estava quase certamente enganando a imprensa moscovita. Ele não tem a menor inclinação para ajudar as tropas russas na Síria. Não em 2018, nem em 2019, e nunca.

No entanto, os servos de Washington DC não devem estar falando sobre possivelmente apoiar as operações russas na Síria. Belgrado certamente receberá uma reprimenda.

Não confunda isso com o desafio aberto no entanto. A opinião pública sérvia é notoriamente pró-Rússia, ao ponto de mesmo os mais pró-Americanos nos armários estarem inclinados a jogar com seus laços para a Rússia, mesmo estando todos na fala e em nada substancial.

Eles precisam de reuniões com os russos para os efeitos visuais. Para equilibrar o seu servilismo aos americanos e marcar algum crédito patriótico para que não acabem enforcados. E se isso significa uma ocasional mentira descarada em Moscou ou uma bofetada em DC então que assim seja.

Autor: Marko Marjanović
Traduzido para publicação em dinamicaglobal.wordpress.com


Nenhum comentário :

Postar um comentário