quarta-feira, 5 de abril de 2017

Tailândia se distancia dos EUA e se aproxima de China e Rússia


Tailândia abandona o  armamento dos EUA   e compra novos tanques da China

Investirá 58 milhões de dólares para adquirir dez novos veículos blindados MBT VT-4 de Pequim e trocar os velhos M41 norte americanos.
Tailandia abandona el armamento de EE.UU. y compra nuevos tanques a China
wikipedia.org / Saipan11 / CC BY-SA 4.0
Tailândia deu um golpe de curso  no que se refere ao seu armamento . Decidiu substituir os antigos tanques M41 norte americanos, em uso desde a Segunda Guerra Mundial, com novas e modernas unidades chinesas, publicou o site de South China Morning Post.
Desta forma, Bangkok aprovou a aquisição de 10 novos tanques MBT VT-4 para seu programa de renovação de unidades por um valor de 58 milhões de dólares. "Esses tanques substituem aos M41, que são pequenos e velhos", explicou o porta-voz do Governo Sansern Kaewkamnerd.
Esta mudança  de postura nas relações comerciais de defesa forma parte de um plano nacional para adquirir maquinários chineses. Por isto , a compra de um total de 49 tanques MBT VT-4 se fará  em três etapas; a primeira, no ano passado, incluiu 28 veículos.
Ademais , em Janeiro passado o Gabinete tailandês  destinou 380 milhões de dólares para comprar um submarino chinês, enquanto que analisa a possibilidade de adquirir outros três. Esta é uma nova mostra da mudança de rumo a respeito da provisão  de armamento, que forma parte do fortalecimento das relações de Bangkok com China, em especial, logo de que o  vínculo com EUA se esfriará após o  golpe de Estado de maio de 2014.
Como parte desta nova realidade, as autoridades tailandesas também  se aproximaram da a Rússia e poderão concretizar com Moscow outros acordos armamentistas.
Tradução: Daniel Lucas -Blog UND

Nenhum comentário :

Postar um comentário