segunda-feira, 1 de maio de 2017

Dia do Trabalhador é marcado por protestos em todo o Brasil


Milhares de pessoas aproveitaram as comemorações do Dia do Trabalhador em todo o país para realizar mais uma rodada de protestos contra o atual governo brasileiro, cuja popularidade vem caindo vertiginosamente, sobretudo após o anúncio das reformas do trabalho e da Previdência, consideradas por muitos um ataque a direitos básicos dos cidadãos.
Manifestação de trabalhadores em São Paulo, Brasil, por ocasião do 1º de maio




Dias depois da greve geral que mobilizou milhões de pessoas no Brasil, cidades como Brasília, Rio de Janeiro e São Paulo, entre outras, voltaram a sediar atos de forte oposição à administração de Michel Temer, que, nos últimos dias, atingiu a marca de 9% de aprovação, segundo o Datafolha, e de apenas 4%, de acordo com o Instituto Ipsos.



Em mensagem ao povo brasileiro neste 1 de maio, Temer, ignorando as manifestações contra suas medidas de austeridade, voltou a defender as reformas propostas pelo governo, afirmando que as mesmas são muito necessárias e, na verdade, trarão vantagens para os cidadãos, gerando mais empregos, modernizando o mercado de trabalho e assegurando e ampliando os direitos adquiridos. "É com trabalho que vamos vencer nossas dificuldades", destacou o presidente.




sputniknews

Nenhum comentário :

Postar um comentário