quarta-feira, 31 de maio de 2017

Estados Unidos e Grã-Bretanha retiram suas forças do cruzamento fronteiriço de Al-Tanf no sul da Síria


TEHRAN (FNA) - Fontes de campo informaram que os exércitos norte-americano e britânico retiraram metade de suas forças da região de Al-Tanf, transferindo-as para territórios jordanianos.
Estados Unidos e Grã-Bretanha retiram forças do cruzamento fronteiriço de Al-Tanf no sul da Síria
As notícias de Al-Hadath, de língua árabe, citam fontes de campo dizendo que os EUA e a Grã-Bretanha evacuaram metade de suas forças que foram desdobradas na região fronteiriça de al-Tanf da Síria, transferindo-as para a Jordânia.


Enquanto isso, redes sociais afiliadas ao Exército sírio informaram que as forças dos EUA e da Inglaterra que estão apoiando os terroristas da Aswad al-Sharqiyeh e Jeish al-Thowreh deixaram suas bases nas duas regiões de Hamimeh e Sukri em Homs Oriental.

As fontes disseram que as forças dos EU recuaram através da passagem fronteiriça de al-Tanf para o Iraque e as forças britânicas deixaram al-Tanf para Jordânia.

As fontes também disseram que todos os grupos de patrulhamento das forças dos EUA e da Inglaterra deixaram as fronteiras.

Os meios de comunicação árabes afirmaram na terça-feira que as unidades blindadas russas entraram em regiões ao longo da fronteira Síria-Jordânia para fortalecer os postos fronteiriços e as posições do Exército sírio e selar a fronteira.

As fontes disseram que um batalhão russo da brigada de operações de montanhas chegou nas províncias do sul de Dara'a e de Sweida.

As fontes acrescentaram ainda que o batalhão russo estava obrigado a fortalecer os posições do exército sírio na região e selar a fronteira do país com vista para a Jordânia, onde as forças sírias ganharam recentemente a vantagem.

farsnews

Nenhum comentário :

Postar um comentário