sexta-feira, 26 de maio de 2017

Opinião: deslocamento de sistema Uragan para Tajiquistão é um aviso


Uma divisão de lança-foguetes Uragan foi deslocada para a base militar russa no Tajiquistão. O especialista Dmitry Aleksandrov, no ar do serviço russo da Rádio Sputnik, opinou que o aumento de capacidades militares se deve à situação complicada no Afeganistão.
Lançador múltiplo de foguetes russo Uragan realiza disparo de foguetes
A base militar russa no Tajiquistão foi reforçada com uma divisão de lançadores múltiplos de foguetes Uragan, disse o comandante do Distrito Militar Central, o coronel-general Vladimir Zarudnitsky.


"As capacidades de combate da 201ª base militar foram reforçadas com uma divisão de alta potência, que tem à sua disposição lançadores múltiplos de foguetes Uragan", disse o comandante.

Vale destacar que o número de equipamentos está conforme os acordos internacionais, sublinhou o general.

Na opinião de Dmitry Aleksandrov, chefe do setor de pesquisas da Ásia Central do Instituto Russo de Pesquisas Estratégicas, o reforço das capacidades da 201ª base militar se deve à situação instável no país vizinho, o Afeganistão.
"Acho que a instalação destas armas é um aviso para todas as forças destruidoras que, em teoria, poderiam realizar um ataque a partir do Afeganistão. Por enquanto não se trata de uma situação crítica, mas acredito que o reforço da 201ª base militar pode ter sido realizado para repelir possíveis ameaças. São medidas preventivas — um maior controlo da fronteira e um aviso aos representantes de grupos extremistas", disse o especialista, em entrevista ao serviço russo da Rádio Sputnik.
De acordo com ele, a Rússia e seus aliados da Organização do Tratado de Segurança Coletiva (OTSC) possuem capacidades suficientes para repelir estas ameaças.
"Queria lembrar que na região da Ásia Central fica a base aérea russa em Kant [Quirguistão], que também faz parte do sistema de segurança da OTSC e que pode ser utilizada se for necessário. Por isso, acho que tanto a Rússia como os seus parceiros da OTSC têm capacidades para repelir as possíveis ameaças nesta região", concluiu o general.
A 201ª base militar é a maior instalação militar russa no exterior, localizada nas cidades de Dushanbe e Qurghonteppa. Conforme o acordo fechado em outubro de 2012, a divisão permanecerá no Tajiquistão até 2042.
Os lança-foguetes Uragan de 220 mm de calibre são capazes de atingir alvos a uma distância até 35 km, mesmo em relevo montanhoso, sendo caraterizados pela alta capacidade de manobrar e instalação rápida.

Nenhum comentário :

Postar um comentário