quinta-feira, 29 de junho de 2017

SEM QUALQUER ÉTICA: DEPOIS DE TRUMP CHAMAR O QATAR DE FUNDADOR DO TERRORISMO, EUA VENDE À NAÇÃO DO GOLFO US$ 12 BILHÕES EM JATOS DE COMBATE


Poucos dias depois de Donald Trump criticar publicamente o Qatar por ser um exportador de alto nível do terrorismo regional no Oriente Médio, o governo anunciou quarta-feira a assinatura de um acordo para comprar de fabricantes de armas nos EUA US$ 12 bilhões de aviões de combate F-15.
O Pentágono justificou a venda maciça dizendo que os jatos – 39 deles – aumentariam a “cooperação de segurança” entre os dois países.

Apontando para a hipocrisia flagrante, o jornalista Jeremy Scahill brincou,
    “Ah sim. Tome isso, Qatar! Sinta a ira de Trump … “
Na sexta-feira, dia 16, Trump disse a repórteres em uma conferência de imprensa da Casa Branca que
    “O Qatar, infelizmente, tem historicamente sido um financiador do terrorismo em um nível muito alto”.
O presidente então disse que decidiu tomar uma linha mais dura com o país.

O Qatar rico em petróleo é o lar de uma grande base aérea dos EUA na região e um aliado de longa data, mas a mais recente venda de armas ocorre em meio a ferventes tensões na região, centradas em guerras em curso no Iraque, Síria e Iêmen, bem como uma crise diplomática entre Membros do Conselho de Cooperação do Golfo (GCC).
E notas da NBC News:
    A Arábia Saudita, o Bahrein, o Egito e os Emirados Árabes Unidos reduziram os laços diplomáticos e de transporte com o Qatar na semana passada e acusaram-no de apoiar o terrorismo e a agitação regional.
    Apesar dessas alegações, o Catar é um aliado crucial para Washington no Oriente Médio. É o lar de 10.000 tropas americanas e de uma grande base militar americana que atua como o centro das operações dos EUA na Síria, no Iraque e no Afeganistão.
Segundo Scahill, o historiador e especialista em Oriente Médio, Vijay Prashad, disse que a venda de armas neste contexto, se não surpreendente, é reveladora:
    Os EUA concordam com a KSA / Emirados Árabes Unidos que o Qatar é um “patrocinador estatal do terrorismo” e, em seguida, vende ao Qatar US$ 12 bilhões em armas. A lacuna de credibilidade é ampla.
    – Vijay Prashad (@vijayprashad) 15 de junho de 2017

Traduzido para publicação em dinamicaglobal.wordpress.com

Nenhum comentário :

Postar um comentário