quarta-feira, 19 de julho de 2017

Novo foguete Soyuz 5 poderá receber motor de 1.000 toneladas de empuxo


O novo foguete-portador de classe média Soyuz 5, que está sendo desenvolvido na Rússia, poderá receber um motor de 1.000 toneladas de empuxo, informou Pyotr Levochkin, o diretor técnico do consórcio científico-industrial NPO Energomash.
Motores para foguetes da empresa Energomash, foto de arquivo


Hoje, o motor mais potente no mundo, o motor russo RD-171, desenvolve um empuxo de 740 toneladas.

"A decisão fundamental, que hoje estamos discutindo com a empresa RKK Energia (Corporação Korolev de Foguetes Espaciais Energia é seu nome completo), é um motor com empuxo de 1.000 toneladas", disse Levochkin durante o Salão Aeroespacial MAKS 2017.

Tal capacidade poderá ser atingida através de as bombas serem conectadas em série e as turbinas serem conectadas em paralelo. Segundo Levochkin, estas medidas reduzirão a pressão sobre a turbobomba.

Mais do que isso, esse motor será "perfeitamente ajustado" ao design do foguete Soyuz 5.

sputniknews

Nenhum comentário :

Postar um comentário