terça-feira, 13 de março de 2018

Jornalista búlgara confronta funcionários dos EUA na UE sobre os Laboratórios de armas biológicas e é expulsa do parlamento europeu


Anteriormente, 21WIRE informou sobre as extensas instalações de armas biológicas do Pentágono e como o exército dos EUA produz regularmente vírus, bactérias e toxinas mortais em violação direta da Convenção da ONU sobre a proibição de armas biológicas.



Esta semana, a jornalista investigativa búlgara,  Dilyana Gaytandzhieva,  estava no Parlamento Europeu em Bruxelas para enfrentar o Secretário Adjunto do Departamento de Saúde dos EUA sobre a série de laboratórios de armas biológicas classificadas do Pentágono, localizadas ao longo da região fronteiriça da Rússia em toda a Europa Oriental e Ásia Central. Assista vídeo abaixo:

Como é que uma jornalista é expulsa do parlamento europeu quando faz perguntas ao secretário-Adjunto do Departamento de saúde dos EUA sobre os laboratórios biológicos do Pentágono em torno da Rússia, da China e do irã.

21stcenturywire

2 comentários :

  1. Quando esses facínoras estadounidenses são enfrentados com denúncias contra seu amado império maligno, acontece isto. Aparece uma porção de lacaios para defendê-los em fóruns internacionais.

    ResponderExcluir
  2. que monte de merdas baba ovo dos eua. babacas fdp!

    parabéns à reporter

    ResponderExcluir