domingo, 25 de março de 2018

Mistério: Fazendeiro encontra 60 aves mortas sem o coração no Brasil


Pelo menos 60 aves, incluindo galinhas, patos, perus e gansos, foram encontradas mortas em um galinheiro no Bairro Alto, em Curitiba, Paraná, Brasil. As mortes em massa ocorreram na noite de terça-feira (27 de fevereiro), mas o caso cheio de mistério foi estendido até agora nas redes sociais. 

O dono do galinheiro e os vizinhos não sabem o que poderia ter acontecido. Há dois detalhes que impressionam os pesquisadores: a maioria dos pássaros teve seus corações removidos cirurgicamente e praticamente não havia sangue no chão. 

O incidente ocorreu no pátio de uma casa na Rua Marques de Abrantes, no Bairro Alto. Mas foi na manhã do dia seguinte que o dono do galinheiro encontrou os pássaros mortos. Os habitantes estão com medo. Apenas duas galinhas sobreviveram.

"Quando você acordar e ver a serra curral esta cena horrível. Eles foram dispostos em um círculo. Muitos tiveram o coração arrancado fora . Muito estranho. Se ele tivesse sido um animal abriu um monte de sangue na cena e não havia nada , " disse o morador Anne Caroline, para a banda de televisão. 

"Ninguém sabe o que era e estamos muito medo. O lugar é cercado e tem nenhum sinal de roubo. Extraiu o coração de pequenos animais e ninguém ouviu nada , " disse Maria Aparecida dos Santos.

Os moradores passaram a quarta-feira à espera de alguém para pegar os pássaros. Eles disseram que ligaram para vários órgãos ambientais e governamentais, mas ninguém apareceu. Assim, os próprios habitantes enterraram os pássaros. 

Outro aspecto da morte misteriosa é o fato de que nem Santos nem os vizinhos ouviram qualquer ruído indicando a presença de uma pessoa no local. "As aves sempre fazem barulho quando as pessoas estão próximas a elas". 

Alguns pesquisadores dizem que nenhum animal predador é conhecido por atacar sua presa usando uma técnica tão "cirúrgica" que envolve a remoção apenas do coração e do sangue de sua vítima. O foco de interesse deste "ser" é pelo menos curioso e desperta a suspeita de que não estamos lidando com um animal conhecido.



semprequestione



Nenhum comentário :

Postar um comentário