sexta-feira, 18 de maio de 2018

TRUMP É UM DESASTRE


Trump é um desastre para o meio ambiente, para a vida selvagem e para a vida humana.
Trump entregou os direitos minerais e do petróleo a poluidores dos EUA. A mineração agora irá desfigurar o que havia antes nos monumentos nacionais protegidos por Trump, e a perfuração de petróleo destruirá o Refúgio Nacional do Ártico. Ele nomeou poluidores para administrar a Agência de Proteção Ambiental (EPA) e renunciou às regras para cumprir a lista de desejos das indústrias poluidoras.

Trump quer cortar o financiamento da EPA em 23% e cortar o financiamento para programas de restauração para os Grandes Lagos e a Baía de Chesapeake em 90%. Ele quer pagar pela manutenção dos parques nacionais, expandindo a exploração de petróleo e gás em terras públicas. Mas ele não hesita em enviar o equivalente ao orçamento ambiental anual em ataques de mísseis de guerra contra a Síria e planos de atacar o Irã.
Para ser bem claro, Trump está privatizando a propriedade nacional e permitindo que um punhado de corporações poluentes saquem bens públicos enquanto ele constrói uma defesa da guerra contra o Irã.
O ataque ao meio ambiente começou com o vice-presidente Dick Cheney, mas Trump desencadeou o saque privado de ativos públicos em um grau extremo.
Ninguém jamais explicou como os bens pertencentes ao povo americano podem ser entregues a alguns amigos e apoiadores da elite governante em Washington. Em que lei existe o poder de um presidente da agência federal para expropriar bens públicos para pilhagem de amigos politicamente conectados?
Como a América funciona, graças à Suprema Corte Republicana que a legalizou, os poluidores se candidatam com doações de campanha para obter permissão para saquear e despojar monumentos e refúgios nacionais. A Suprema Corte chamou a compra corporativa do governo dos EUA de um exercício constitucionalmente permitido de liberdade de expressão.
A lei existente impede o saque ambiental, mas a lei não significa nada para Washington. Nós experimentamos a totalidade do século 21 até agora, com Washington estando em total descumprimento do direito internacional, ao invés disso, se comportando consistentemente como um criminoso de guerra como definido pelo direito internacional existente.
Trump agora escalou o comportamento criminoso de guerra de Washington. Ele retirou-se unilateralmente de um acordo multinacional que garante a não-proliferação nuclear do Irã, e impôs mais sanções econômicas unilaterais ao Irã que punem empresas norte-americanas como a Boeing e corporações em vários países europeus. A política externa de Trump está sob o controle de Israel. Trump é incapaz de agir no interesse da América ou no interesse dos vassalos europeus, canadenses e australianos de Washington.
A decisão estúpida de Trump causou rebelião entre os vassalos costumeiros e bem pagos de Washington - Reino Unido, França e Alemanha. Os europeus estão dizendo que já faz muito tempo que a Europa não representava seus próprios interesses em favor dos interesses de Washington. https://www.msn.com/pt-br/news/world/merkel-europe-can-no-longer-rely-on-us-protection/ar-AAx4AwV
O forro de prata na decisão estúpida de Trump é que isso poderia fazer com que a Europa se tornasse independente e deixasse de ser um coro elogiando os crimes de guerra de Washington. Será que vamos ver uma rebelião das figuras políticas européias, essencialmente as prostitutas de Washington, que vão acabar com o Império e levar a uma Europa independente?
Tal desenvolvimento justificaria toda a hesitação de Putin em colocar o pé no chão.
No que se refere à situação, “a coalizão dos dispostos” é reduzida a Washington e Israel. Nem mesmo a maioria dos americanos apóia Trump saindo do acordo multi-nacional do Irã, nem apóia sua nomeação de uma criminosa de guerra, Haspal, como diretora da CIA, nem apóia a permissão de Trump para Israel para continuar a guerra contra Síria e atacar o Irã.
Mas as pessoas em todos os lugares nas “democracias” ocidentais são impotentes. Eles nunca podem eleger ninguém que faça as coisas certas. Invariavelmente, seus votos colocam no poder aqueles que os exploram os povos de outros países. É por isso que a outra parte do mundo vê o Ocidente como uma praga sobre toda a humanidade, incluindo os próprios povos ocidentais.
Trump era esperado para ser um desastre para o meio ambiente. A esperança era que os liberais / progressistas / esquerdistas se unissem à sua intenção de se retirar da Síria e normalizar as relações com a Rússia. Ao apoiar Trump contra os neoconservadores e o complexo militar / de segurança, o liberal / progressista /  teria ganho alguns pontos que poderiam ser usados ​​para moderar o ataque de Trump ao meio ambiente.
Infelizmente, o liberal / progressista / alinhado à esquerda com CIA de Brennan, FBI de Comey, e DNC de Hillary  se comprometeu com as alegações "Russiagate" orquestradas que tinham a intenção de desacreditar Trump e forçá-lo a deixar o cargo. Fiquei muito desapontado ao ver o movimento ambiental juntar-se à conspiração “Russiagate” orquestrada contra Trump.
Como resultado, Trump deve aos ambientalistas e ao liberal / progressivo  nada. A consequência é que o meio ambiente, a liberdade civil e a paz foram perdidos.



2 comentários :

  1. Os EUA estão QUEBRADOS. Qualquer pessoa minimamente informada sabe disso. Entretanto, como quem manda naquela pocilga é a máfia sionista e o pentágono, foda-se o povo, foda-se o meio ambiente, foda-se o mundo. O importante é impor o poder do "império" (sic).

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Exatamente, é a máfica judaica por trás de toda a desgraça mundial.

      Excluir