quinta-feira, 12 de julho de 2018

Bombardeiro prospectivo russo será construído com uso de tecnologias furtivas


O sistema aéreo prospectivo para aviação de longo alcance PAK DA será construído com o uso de tecnologias furtivas, declarou o vice-ministro da Defesa da Rússia, Aleksei Krivoruchko.
Bombardeiro estratégico PAK DA, protótipo


"Na criação do sistema aéreo prospectivo para aviação de longo alcance serão usadas tecnologias furtivas", contou ele aos jornalistas depois da visita à Usina de Aviação Gorbunov em Kazan.

Nesta quinta-feira (12), Krivoruchko participou em Kazan de reunião sobre a execução da ordem governamental, avaliando também a potência de produção da usina, onde se planeja lançar a produção do sistema para aviação de longo alcance PAK DA.

"Verificamos como decorrem os trabalhos na área prioritária da usina, construção dos aviões Tu-160M — em geral, os trabalhos estão sendo efetuados como previsto, há alguns atrasos em certas áreas, mas há também avanços", afirmou o vice-ministro.

Atualmente, na usina estão sendo reparados aviões de longo alcance Tu-22M3 e Tu-160 e estão sendo renovados equipamentos radioeletrônicos, complexos de direção de armas, sistemas de suporte de vida da tripulação e extensão de usabilidade das aeronaves.

Vale destacar que um dos objetivos-chave da usina engloba questão de reprodução de um novo design para o avião Tu-160. A produção em série de bombardeiros estratégicos e porta-mísseis Tu-160M2 está marcada para 2020-2021. O Ministério da Defesa planeja comprar cerca de 50 máquinas em questão.

sputniknews

Nenhum comentário :

Postar um comentário