domingo, 8 de julho de 2018

Chuva vermelha cai em cidade da Sibéria – Rússia


E o segundo anjo derramou a sua taça no mar, e esta se transformou em sangue como o dos mortos, e todos os seres viventes no mar morreram. Então o terceiro anjo derramou a sua taça nos rios e nas fontes das águas, e tornaram-se em sangue.
Chuva vermelha cai em cidade da Sibéria

Aqui vamos nós outra vez. Toda vez que algo vermelho cai do céu, essa passagem do Livro do Apocalipse é relembrada e a conversa se transforma em apocalipse. Nunca foi um bom sinal – Zeus fez chover sangue antes de uma batalha na Ilíada de Homero. Uma chuva de sangue teria precedido a Peste Negra na Alemanha. Até Charles Fort em The Book of the Damned  (O Livro dos Danados) se perguntou se a chuva de sangue era um sinal …
… que todo o nosso sistema solar é uma coisa viva: que chuvas de sangue sobre a terra são hemorragias internas.
Embora a chuva colorida não seja tão incomum e possa ser explicada por invenções ou intervenções humanas, às vezes ela ocorre em locais que nos fazem pensar se pode haver algo mais acontecendo. Esse é o caso em Norilsk, na Sibéria, onde uma recente e misteriosa chuva vermelha está sendo culpada por muitas coisas não naturais, enquanto sua causa “oficial” e admoestações das autoridades de que “não há nada para se preocupar” estão sendo questionadas.
Eles ‘dizem’ que era apenas devido à remoção de depósitos de ferro …. por que eu não acredito nisso? Olhando para isso ainda mais … – Z (@IronFalcon77) 5 de julho de 2018
Isso de alguma forma será revertido e a culpa colocada no Trump. – Robert (@SthertherinRob) 05 de julho de 2018
Precipitação nuclear – Mike Walton (@MikeWaltonSR) 05 de julho de 2018
Fotos e vídeos em vários sites russos mostraram um estacionamento em Norilsk coberto de água vermelha, carros pingando lodo vermelho e as pessoas cautelosamente pisando nas poças vermelhas. O fato das únicas fotos serem desse estacionamento em particular era uma pista da solução “oficial” dada pelo dono do lote – a usina de processamento de Nadezhdinsky, propriedade do maior empregador da cidade, a gigante industrial russa Nornickel. Um porta-voz disse que a usina havia acabado de remover uma enorme quantidade de óxido de ferro do chão da fábrica e armazená-lo do lado de fora, quando uma rajada de vento antes da tempestade soprou e a chuva subsequente. caiu vermelha. Nada a ver aqui … siga em frente … não toque … o Departamento de Controle e Analítica está aqui para realizar a análise das amostras coletadas.
Isso pode ser suficiente para acalmar os medos se o rio Doldykan correndo ao lado da usina já não estivesse vermelho muito antes da tempestade. Nos EUA, problemas como esse são atribuídos à administração presidencial anterior. De acordo com Nikolay Utkin, diretor da Divisão Polar da Norilsk Nickel, falando ao Siberian Times, aqui é um pouco diferente.
“A razão pela qual a água no Rio Doldykan tem a cor marrom-avermelhada é o derretimento ativo da neve, uma inundação poderosa, que lava o material que estava se acumulando aqui por décadas. Infelizmente, durante a era soviética, as questões ambientais foram resolvidas de forma residual.
Bem, nem sempre. Norilsk é uma cidade incomum. É um desenvolvimento recente (final da década de 1920), a cidade mais setentrional do mundo, com mais de 100.000 habitantes, a segunda maior cidade dentro do Círculo Ártico e uma das duas únicas grandes cidades na zona contínua de permafrost (gelo constante). Ela está coberta de neve até 270 dias por ano, então qualquer coisa que caia do céu que não seja branca é estranha. Isso soa como o tipo de localização remota onde os ‘soviéticos’ conduziam atividades nefastas. É também o lar da mesquita muçulmana mais ao norte do mundo, cuja congregação parece se dar bem com seus vizinhos Ortodoxos Russos e Ortodoxos Ucranianos.
Há algo mais na “chuva de sangue” de Norilsk de que o maior empregador local ou funcionários do governo querem que os moradores acreditem? É hora de começar a tratar a poluição industrial como um apocalipse? Agora isso sim seria uma revelação!

Um comentário :

  1. Isso está para acontecer no futuro, quando o sinal da besta for imposto.

    ResponderExcluir