terça-feira, 4 de julho de 2017

Coreia do Norte dispara míssil balístico


A Coreia do Norte realizou mais um disparo de míssil balístico, a informação foi confirmada por fontes da Coreia do Sul e do Japão.
Teste de míssil norte-coreano Hwasong-12
"A Coreia do Norte lançou um míssil balístico. O voo durou 40 minutos e o míssil caiu na zona econômica exclusiva do Japão no mar do Japão. Até o momento, não há informações sobre danos infligidos a aeronaves ou navios japoneses", afirmou secretário-geral de gabinete Yoshihide Suga em coletiva de imprensa.


O chefe do Estado-Maior da Coreia do Sul confirmou o lançamento por meio de um comunicado e disse que o míssil percorreu uma distância de 930 quilômetros. O presidente Moon Jae-in foi imediatamente avisado. Seul confirmou que realizará um encontro do conselho de segurança local para discutir o assunto. 
No último final de semana, Moon e o presidente dos EUA Donald Trump estiveram reunidos e discutiram os testes militares Pyongyang.
"Juntos, enfrentamos a ameaça do regime imprudente e brutal na Coreia do Norte", disse Trump na ocasião. "Os programas de mísseis nucleares e balísticos desse regime exigem uma resposta determinada".
O republicano foi ao Twitter para fazer um pronunciamento sobre o mais recente teste e apontou para Pequim como uma das partes que pode ajudar no conflito: "A Coréia do Norte acaba de lançar outro míssil. Esse cara não tem nada melhor para fazer na vida?Difícil de acreditar que a Coreia do Sul e o Japão irão aguentar isso por muito mais tempo. Talvez a China faça um movimento pesado contra a Coreia do Norte e acabe com esse absurdo de uma vez por todas!".
North Korea has just launched another missile. Does this guy have anything better to do with his life? Hard to believe that South Korea.....

Ainda não está claro se o caso é um disparo de rotina de um míssil de curto alcance ou um teste de projétil de longo alcance. O acontecimento aumenta a tensão na península na Coreia e deve tornar-se uma das pautas do encontro do G20 em Hamburgo, que ocorrerá nos dias 7 e 8 de julho.
O primeiro-ministro japonês Shinzu Abe afirmou que conversará com o mandatário russo Vladimir Putin no G20 para pedir uma participação "mais construtiva" de Moscou em relação aos norte-coreanos.

3 comentários :

  1. A real é que a Coréia do Norte é o fiel da balança que impede os EUA de atacarem outros paises com armas nucleares, a Siria por exemplo. Na verdade a Coréia do Norte está protegendo o mundo dos EUA, não acredito que estou falando isso mas é a pura verdade. Se os EUA atacarem qualquer país com armas nucleares os norte coreanos vão se sentir ameaçados e retaliarem preventivamente imediatamente.

    ResponderExcluir
  2. Os EUA cometeram crimes hediondos contra a Coreia do norte,eles se lembram muito bem e nunca mais vão permitir que os EUA os massacre de novo.

    ResponderExcluir
  3. Quindin jum hum ta dormindo abracado com um missel balistico intercontinental !

    ResponderExcluir