quinta-feira, 13 de julho de 2017

Rússia desenvolve 'sistema nervoso' para aviões do futuro


A Fundação de Pesquisas Perspectivas da Rússia desenvolveu um sistema de controle de estrutura das aeronaves baseado em princípios de funcionamento do sistema nervoso de organismos vivos.
Um caça de 4ª geração russo MiG-35


O chefe do projeto da Fundação de Pesquisas Perspectivas, Dmitry Uspensky, disse à Sputnik que este sistema permite perceber em tempo real o estado de um avião e fazer previsões sobre o prazo de vida útil das suas partes componentes, o que aumentara a segurança dos voos.

As capacidades do sistema desenvolvido pela fundação são impressionantes. O chefe do projeto disse que nas partes estruturais serão instaladas fibras óticas sensíveis a ações mecânicas. As fibras óticas locais serão unidas em rede.

"Depois, a informação sobre o estado da estrutura da aeronave será transmitida on-line via raio laser que se difunde pelas fibras óticas incorporadas na estrutura do meio aéreo", disse o interlocutor da agência.

A Fundação de Pesquisas Perspectivas da Rússia explicou que a tecnologia semelhante usada em outros países se baseia em sensores eletrônicos instalados em determinadas partes da estrutura do avião, e não em fibras óticas.

Os fabricantes de aviões Tupolev e Sukhoi, de helicópteros Kamov e muitos outros já expressaram seu interesse na nova tecnologia. Projetos semelhantes estão sendo agora elaborados pela empresa japonesa Mitsubishi e pelo Centro Aeroespacial Alemão.

sputniknews

Nenhum comentário :

Postar um comentário